Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, utilizou o facebook  para dirigir críticas aos presidentes do SL Benfica e do SC Braga. O G15 e a questão dos empréstimos centraram a atenção do presidente do Sporting.

A foto revelada hoje do encontro de Luís Filipe Vieira – o “Guru” do G15-3 – com o seu ‘testa de ferro’, António Salvador, só vem confirmar a pena que sinto por, neste grupo, existirem clubes que ali estão imbuídos de um espírito positivo, mas que nunca imaginaram estarem a servir de marionetas. Mas, a verdade, é que estão”, escreveu.

O Guru Luís Filipe Vieira mais a sua tríade de fiéis escudeiros a dar a cara: António Salvador (que garantidamente sabe de onde acata as ordens), Carlos Pereira e Rui Pedro Soares, que ou sabem ou andam muito distraídos. Luís Filipe Vieira foi dando as suas ordens a partir de fora e, depois, a tríade ficou de fazer o papel “diplomático” perante os restantes clubes. O lema escolhido foi os pequeninos contra os grandes… E quem de nós, na sua infância, não sonhava bater nos mais velhos e ser o rei lá da escola? É pegar em pessoas genuínas, boas, ingénuas e convencê-las que, para seu bem, têm de lutar contra os Adamastores do futebol. Mas deviam ter-lhes dito que estavam a ser enganados, e que andavam a fazer de Dom Quixote a lutar contra moinhos de vento e a ver monstros que queriam fazer mal à sua donzela. Nada a ver com futebol. Psicologia e política pura!”, acrescentou o presidente do Sporting nula longa publicação

Bruno de Carvalho deixa também algumas interrogações.

Quem foi o único clube dos ‘grandes’ cuja proposta eram os jogadores emprestados poderem jogar contra quem empresta? O Sporting CP. Porque é que no final apoiou que não pudesse ser assim? Porque fez a seguinte declaração: ‘Temos visto que apenas os nossos jogadores emprestados é que jogam contra nós. Os restantes estão sempre doentes. Se for para continuar assim, então que se acabe a hipocrisia e se proíba de vez. A nossa proposta sempre foi, mesmo emprestados, poderem jogar contra a equipa que empresta”, sublinhou.

Porque é que os ‘pequenos’ nunca denunciaram clubes que compravam jogadores que sabiam que eles queriam e que nem paravam na ‘casa de partida’ indo diretamente emprestados para eles? Isso convinha porquê? Era em troca de quê? Porque é que era bom na altura e agora já não é? Porque o Guru vai ter de desinvestir, pois a isso está obrigado?”, lançou Bruno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.