“O Benfica teve uma postura corretíssima, queremos que FC Porto e Sporting tenham a mesma postura.”

O dirigente arsenalista deixou críticas aos clubes grandes, especialmente a FC Porto e Sporting, que, na pessoa dos seus presidentes, abandonaram a assembleia geral.

 

Segue-nos nas Redes Sociais

Facebook icon  Instagram icon Tiktok icon twitterx icon Pinterest icon Whatsapp icon YouTube icon

«Os clubes provaram que não querem discutir o futebol nem a três, nem a dois, nem a quatro. Não queremos excluir ninguém. Ficou provado para alguns clubes portugueses que «ou é como eu quero, ou não é nada. O clube que abandonou a assembleia não quer discutir. Mais uma vez ficou provado o ditado «Eu posso, quero e mando.», referiu o presidente bracarense.

«Hoje, fez-se história no futebol português. Pela primeira vez na história, os clubes deixaram as diferenças e preocuparam-se com aquilo que os une. O que os pode unir são propostas para melhoria do futebol português. Foi isto que o G 15 fez no último mês: discutir propostas concretas para esta assembleia. Quero dar os parabéns aos meus colegas de direção do G15, que sofreram pressões e coações para que esta assembleia não se realizasse», afirmou o dirigente português, em declarações aos jornalistas.

António Salvador prosseguiu com as críticas, mostrando desagrado com a intenção do Sporting em impugnar a assembleia: «Nós não recusamos propostas nenhumas. As propostas de FC Porto e Sporting estavam fora do timing. Estamos disponíveis para ouvir as propostas. Sporting quer impugnar assembleia? Isso não me admira nada. Nós não queremos que os clubes fiquem de fora. Só assim é que podemos ter um campeonato mais competitivo, mais forte. O Benfica teve uma postura corretíssima, queremos que FC Porto e Sporting tenham a mesma postura.»

Partilha nas Redes Sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Topo