Escrito por: Ricardo Vidal

Bruno de Carvalho sabia de antemão que o primeiro obstáculo que iria encontrar ia ser a luta com os credores. Depois da venda de Ricky Van Wolfswinkel o Sporting continuou sem um tostão furado para pagar os salários deixando para BdC a fava de ter que encarar os tubarões do BES e do BCP, sem que estes tivessem gostado muito que tenha sido eleito presidente. Como era de esperar colocaram exigências atrás de exigências, contudo toda a gente sabia que tinham de abrir os cordões á bolsa até mesmo para poderem recuperar todo o dinheiro já investido no clube, e queimado por dirigentes incompetentes durante anos. Os bancos parecem ser o dia a dia de BdC, tanto em dias de jogos como durante a semana, e até ver tem se dado muito bem com eles. Durante a semana desbloqueia contas e ao fim de semana (no banco) é talismã para as vitórias da equipa. Por obra e graça do espirito santo, com "o Bruno" passamos de arredados da UEFA para nos colocarmos a 2 pontos da mesma. A sorte também tem nos batido á porta, é certo, mas a alma leonina está a rejuvenescer e a levar este barco a um porto mais seguro. Continuamos a sofrer golos por erros da miudagem, mas é esta miudagem que nunca desiste e não deita a toalha ao chão, apesar de receberem, mensalmente, menos juntos que alguns artistas recebem individualmente. Finalmente, acredito que estamos no bom caminho! 

 

Já não falava de jornaleiros e jornalismos há algum tempo, no entanto, depois de ver a atitude de Paulo Garcia com Dias Ferreira fiquei chocado com tamanha falta de vergonha.  Que o advogado não estava a ter a atitude mais correta, concordo plenamente, no entanto, nunca um jornalista que se preze deve faltar ao respeito nem sequer provocar um convidado. Fiquei chocado e indignado, por mim mais nenhum sportinguista lá punha os pés. Continuo sem perceber porque tratam o nosso presidente por Bruno apenas e não tratam os outros por Luis ou Jorge, ou até pelo Toni de Braga? Não percebo também, como no dia seguinte á reestruturação financeira do clube as notícias eram o interesse em Bruma e a insatisfação do craque indiano por não ter jogado. Bem como não entendo porque, mais uma vez se abafam as novas escutas que vieram a publico sobre o caso apito dourado. Expliquem me por favor. 

 

 

 Ouro: Bruno de Carvalho. Pelo quem fez em duas semanas Prata: Tiago Ilori. Melhor jovem jogador do mês. 

Bronze: Futsal. Mais uma vitoria.

Saudações Leoninas

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.