Mesmo em desvantagem durante o encontro, as equipas de Pep Guardiola são sempre fiéis à ideia de um futebol de posse, apoiado, em que cada jogador parece estar sempre no sítio certo.

Kevin De Bruyne diz que o técnico seria capaz de preferir perder do que ganhar sem jogar o futebol que idealiza. «Muita gente não entende. Pep prefere perder com os seus princípios de jogo do que ganhar a jogar em contra-ataque. Adora um futebol ofensivo», revelou, em declarações no podcast MIDMID.

O internacional belga abriu ligeiramente a porta para o balneário do Man. City e revelou que Guardiola, entusiasmado com a estratégia para o jogo, esquece-se de divulgar a equipa inicial.

«Temos sempre uma reunião antes de cada jogo e Guardiola diz o que temos de fazer. Quando acaba, às vezes temos de perguntar quem joga. Por vezes esquece-se», atirou.

A verdade é que agarrado à sua filosofia de jogo, Guardiola já ganhou 32 títulos em pouco mais de uma década como treinador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.