A decisão está tomada e é forte.

O Rosario Central vai cortar relações institucionais com o Sporting CP, depois da saída de Tanlongo em final de contrato rumo a Alvalade.

A decisão foi revelada, em declarações ao jornal português Record, pelo presidente interino dos argentinos, Ricardo Carloni.

“A nossa instituição vai romper relações com o Sporting”, vincou, antes de o anunciar formalmente hoje, em conferência de imprensa marcada para esse mesmo efeito, em Rosario, às 12 horas locais (15h em Portugal).

A tomada de posição do Rosario, que exigia ser compensado financeiramente em 2 milhões de euros pela perda do médio de 19 anos, acaba por ser a resposta às negociações frustradas com o Sporting, que nunca se mostrou disponível a pagar esse montante por um jogador que resgatou legalmente a custo zero.

“Até ao dia de hoje não há acordo”, reforçou Carloni, que vai responder às questões dos jornalistas locais na companhia de Guillermo Hanono, secretário do clube.

O presidente dos ‘canallas’ planeia também apresentar a correspondência que manteve com Tanlongo e o seu pai, Fabian, que o representou antes de ser agenciado pela Stellar Sports, na qual discutiram a possibilidade de renovação de contrato. Como se sabe, o acordo nunca foi alcançado e o Sporting antecipou-se à concorrência e garantiu a contratação do médio, que já fez os exames médicos e será leão por 5 épocas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.