Glasgow Rangers acaba, nasce o The Rangers FC

O Glasgow Rangers, um dos clubes históricos da Escócia, conta na sua história como vencedor do campeonato por 54 vezes, declarou esta quinta-feira falência, depois de ter visto chumbado pela Liga o seu plano de viabilidade. O histórico escocês encerra a sua actividade, passando agora a chamar-se "The Rangers FC", sob a direcção de Charles Green, que esta quinta-feira ganhou a corrida pela aquisição do clube.

O novo líder do clube já garantiu que pretende manter o treinador, Ally McCoist, apesar da equipa poder perder todos os jogadores que tem de momento. Segundo alega a associação de jogadores, todos os futebolistas que tinham contrato com o Glasgow Rangers, podem sair do emblema de Glasgow, pois a mudança de nome no clube permite essa situação.

Com a questão financeira parcialmente resolvida, está agora em dúvida o ponto de partida do novo clube. Segundo Charles Green, o "Rangers FC" tentará garantir o apoio dos restantes clubes, de modo a poder jogar na Scottish Premier League, em vez de começar do zero, conforme prevêem os regulamentos.

Fazendo um paralelismo com o campeonato português, esta situação do Glasgow Rangers é em tudo semelhante à situação que envolveu o Salgueiros. O clube histórico português que encerrou a sua atividade em 2004, voltou posteriormente ao futebol em 2008/09, sob o nome de "Salgueiros 08". A única diferença entre os dois casos é que os salgueiristas começaram uma nova vida do zero, na 2.ª Divisão da AF Porto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.