O terceiro derby da temporada mostrou aquilo que intrinsecamente todos os benfiquistas já sabiam. Este é o plantel mais fraco dos últimos anos. E sem ovos, meus amigos, não há omeletes.

O Benfica entrou em Alvalade a fazer aquilo que o Sporting tinha feito na Luz (marcando na primeira oportunidade) e conseguiu durante 45 minutos  anular a equipa contrária,  mas mais uma vez um golo deixa a equipa a duvidar de tudo e de todos. Já aqui falei nisto, mas é incrível como a força psicológica da equipa baixa para mínimos ridículos quando algo não corre bem.

A segunda parte só veio confirmar que o plantel do Benfica é curtíssimo.  O Sporting continuou em crescendo e olhando para o banco não existiam soluções (Jonas estava tocado), o que fez com que fôssemos apenas aguentando a pressão durante os 90 minutos.

Não pertenço ao grupo dos que pedem a demissão de Rui Vitória, até porque acho que tem feito o trabalho possível com os recursos que tem, mas acho que este tem de reivindicar junto da “estrutura” reforços em Janeiro.

Hoje jogamos mais um importante jogo na nossa caminhada… uma vitória em Astana seria um óptimo tónico para esquecer o derby do último sábado.

P.S.: Aquele atropelamento do João Pereira ao Luisão, sem comentários. A choradeira vai resultando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.