Dani Alves, lateral do Barcelona, revelou, num documentário divulgado pelo canal de streaming ‘Fifa+’, que a certa altura, durante o seu regresso ao São Paulo, chegou ao “limite” com a direção do clube.

“Fui vivendo várias fases no São Paulo, e começou a desaparecer a ideia de que valeria a pena estar no clube. Tomei a decisão de ir para o São Paulo para realizar um sonho, a pensar que podíamos construir alguma coisa juntos”, começou por lembrar.

Os problemas começaram a surgir quando o brasileiro se deparou com salários em atraso e problemas nos bastidores. “Planeámos isso, mas começou a falhar a estratégia com a qual me tinham convencido a vir. Cheguei ao meu limite, essa é a verdade”.

E proseguiu: “Comecei a pensar muito. Quando começas a viver momentos lindos em lugares diferentes, começas a comparar as coisas boas e más. E aí pensas: ‘A abelha não tem tempo de ensinar à mosca que mel é melhor que merda…'”.

Dani Alves, recorde-se, está atualmente ao serviço do Barcelona e, aos 38 anos, tem sido uma das peças fundamentais no esquema de Xavi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.