A notícia é avançada esta terça-feira pelo Expresso, que dá conta de que nos últimos cinco anos, o SEF identificou mais de 250 vítimas em inquéritos que visaram 58 clubes.

Entre os quase cem arguidos constituídos, encontram-se 62 dirigentes, 13 agentes, 12 atletas e 1 treinador. O último caso foi detetado em setembro, em Serpa, pode ler-se.

Segundo a mesma fonte, no âmbito de inquéritos a 58 clubes de futebol, no Continente, Açores e Madeira, e curso mantêm-se 40, oito dos quais abertos este ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.